domingo, 27 de outubro de 2013

Palavras.

Palavras não matam mas podem nos fazer sentir milhões de coisas, Mágoa, vaidade, alegria, até várias ao mesmo tempo.. E existem frases que podem mudar as nossas vidas, "a senhora tem cancro", "está despedido" ou "quero o divórcio", podem dar uma volta de 180 graus às nossas vidas! Comigo foi assim, a pessoa que eu amava, a pessoa com quem eu me imaginava passar o resto dos meus dias, disse "há uma pessoa que mexe comigo, mas não aconteceu nada(...)", foi o desabar do meu mundo. Cinco anos, quando se está a trezentos e muitos kilométros, quando me sinto cada vez melhor, e mais optimista que tudo ia acabar bem pois já faltava pouco para podermos dividir o nosso lar.. Chega esta frase, cada uma das palavras caiu-me como bombas nucleares no meu interior. Imaginar tudo aquilo deu cabo de mim, eu não me conseguia imaginar com mais ninguém, ter sentimentos por outra pessoa? Para mim era completamente impossível, ouvir e pensar que enquanto eu lutava por nós, ela queria ir pelo caminho mais fácil e deitar tudo pela janela fora? Foi a gota de água para todos os problemas que tínhamos, a possibilidade de ela se envolver emocionalmente, queimava-me por dentro! Foi aí que percebi o sentido que aquelas palavras tinham para mim, além de me fazerem sentir morta por dentro, estava na hora de seguir em frente, era demais.. Estava na altura de me colocar em primeiro lugar, e por um ponto final no meu conto de fadas.. E assim o fiz! Mas depois tenho momentos, como este, sento-me a olhar para o rio Tejo, e para as luzes que o rodeiam. Onde peço que tudo se resolva, que tudo isto não passe de um mal entendido, e que a minha pessoa, mova mundos e fundos para me ter de volta! nós somos o item com maior importância nas nossas decisões, nós devemos pensar em nós próprios primeiro! Respeito é a palavra-chave!